DIA DOS PAIS - 90% DE DESCONTO!
CORRA! OFERTA DE TEMPO LIMITADO
00
DIAS
17
HORAS
28
MINUTOS
54
SEGUNDOS

Comandos mais utilizados para administração VPS Linux

Modified on:
comandos vps linux vps linux comandos atalhos vps linux atalhos linux

Há diversas vantagens para o uso de sistemas Linux em servidores, a começar pela alta possibilidade de customização e arquitetura, o que os torna efetivamente mais seguros. Há ainda a vantagem de distribuição sem custos de licenciamento (Open Source, salvo distribuições específicas). Os sistemas Linux também utilizam menos recursos como memória e processamento e a administração pode ocorrer sem a necessidade de ambiente gráfico (SSH ao invés de Desktop).

Se você chegou à necessidade de utilizar um VPS, isto indica que seu projeto/negócio está se consolidando - aprender e acostumar-se à administrá-lo via SSH pode ser inevitável, e a dedicação à este aprendizado certamente lhe trará benefícios.

Neste conteúdo vamos apresentar uma série de comandos do Linux que são úteis e geralmente desconhecidos para quem está começando com esse sistema. Todos esses comandos devem estar disponíveis sem a necessidade de instalação manual, pois já fazem parte do sistema.

Comandos “man + aplicação” para VPS Linux.

Todo comando nativo em Linux - como os exemplos que serão citados - e a maioria das aplicações quando instaladas, possuem manuais de utilização no próprio sistema, que podem ser consultados através do comando "man".

Para verificar as opções e modo de utilizar estes comandos/aplicações, utiliza-se o comando "man aplicação". Por exemplo - "man uptime", "man top", "man grep", etc...

Abaixo os principais comandos listados, com o link da documentação oficial (geralmente em inglês).
 

A - Verificação de Status do Servidor e Utilização de Recursos:

uptime:https://man.cx/uptime
Esta aplicação fornece informações sobre o uptime do servidor, load average, entre outras.

top: https://man.cx/top
Esta aplicação informa - em tempo real - a utilização de recursos como Memória e Processamento, assim como os processos e usuários responsáveis.

free: https://man.cx/free
Esta aplicação fornece informações sobre a utilização de memória RAM do sistema (utilize "free -m" para dados em megabytes).

df: https://man.cx/df(1)/pt
Esta aplicação fornece informações sobre espaço total/utilizado em discos e partições, assim como respectivos pontos de montagem no sistema. Utilize "df -h" para dados em formato amigável - Mb/Gb.

Note que cada sistema pode apresentar informações distintas

who: https://man.cx/who
Informa os usuários logados no sistema (o IP do exemplo foi ofuscado, no entanto, ao executar esta aplicação, é possível identificar o IP dos usuários conectados).


B -  Navegação entre diretórios e listagem de arquivos:

pwd: https://man.cx/pwd/pt
Informa o diretório em que estamos.

cd: https://man.cx/cd
Este comando é utilizado para navegar à um diretório especificado. Por exemplo, para 'entrar' no diretório /home: "cd /home". 

ls: https://man.cx/ls(1)/pt
Comando utilizado para listar o conteúdo de um diretório.
Se utilizado apenas como "ls", será mostrado o conteúdo do diretório em que nos encontramos:


Se utilizado informando o caminho de um diretório específico, será listado o conteúdo do diretório informado, mesmo que estejamos em outro diretório.


C. Leitura de arquivos de log ou texto em geral:

cat: https://man.cx/cat
Esta aplicação mostra todo o conteúdo de um arquivo de texto desejado:

head: https://man.cx/head
Utilizada para ler o inicio de um arquivo de texto (o parâmetro -X equivale ao número de parágrafos desejado):

tail: https://man.cx/tail
Utilizada para ler o fim de um arquivo de texto (o parâmetro -X equivale ao número de parágrafos desejado):

grep: https://man.cx/grep
Esta aplicação é utilizada para buscar trechos específicos em arquivos de texto:


Um exemplo prático da utilização do "grep" em verificações de logs, é encontrar falhas de login no sistema de emails ("grep failed /var/log/maillog"):


D. Arquivos de Registros do Sistema - "logs":

Arquivos de log são basicamente arquivos de texto com registros de atividades no sistema, relacionados ao carregamento e execução de serviços e aplicações, acessos e atividades distintos. Através destes registros, pode-se identificar causas de erros, tentativas de invasão, históricos de acessos, atividade de emails, etc...

Em geral, arquivos de log do sistema são armazenados em /var/log/, sendo os mais utilizados os registros de acessos e falhas.

Abaixo, os arquivos de logs mais comuns:
/var/log/dmesg
/var/log/maillog
/var/log/secure
/var/log/messages
/var/log/cron

*Note que cada aplicação pode manter logs em locais distintos, sendo importante verificar a documentação da aplicação para maiores detalhes.

Por fim, aqui está o link para os manuais de comandos Linux