28 Estratégias de Marketing para eCommerce para Lucro e Crescimento Dos Negócios

28 Estratégias de Marketing para eCommerce para Lucro e Crescimento Dos Negócios

Para tornar um negócio de eCommerce bem-sucedido, você precisa fazer o marketing adequadamente. Para isso, você precisa de estratégias de marketing para eCommerce bem planejadas.

Se for bem feito, o marketing para eCommerce facilitará o envolvimento de clientes em potencial, aumentará os visitantes do site e promoverá a reputação de uma marca.

Vamos descobrir as 28 melhores estratégias de marketing para eCommerce para conversões e vendas ideais.

O Objetivo do Marketing para eCommerce

Os profissionais de marketing usam estratégias promocionais de marketing para eCommerce para direcionar o tráfego para uma loja virtual. O objetivo final do marketing para eCommerce é converter os visitantes do site em clientes recorrentes para obter mais vendas.

Existem dois tipos principais de atividades de marketing para eCommerce – diretas e indiretas.

O marketing direto inclui atividades promocionais que incentivam os clientes a comprarem produtos, enquanto as atividades de marketing indireto visam benefícios intangíveis, como reconhecimento da marca e fidelidade do cliente.

A criação de um plano de marketing para eCommerce bem-sucedido requer que os dois tipos de atividades sejam implementados adequadamente.

Desenvolvendo Um Plano de Marketing Sólido para eCommerce

Desenvolver um plano de marketing para eCommerce envolve estabelecer metas mensuráveis ​​e tomar medidas acionáveis ​​para alcançá-las em um determinado período de tempo.

Seja gerando tráfego ou aumentando as vendas, certifique-se de que suas metas sejam alcançáveis. Considere usar a estrutura de metas SMART para estabelecer um endpoint bem definido.

Após identificar as metas de negócios, crie táticas de marketing tangíveis para cada uma delas. Por exemplo, você pode querer começar a construir autoridade em seu nicho para atrair clientes em potencial e aumentar as vendas.

Certifique-se de ter um cronograma de marketing claro para mapear o crescimento do seu negócio e o sucesso de cada campanha.

Conheça seu Público-alvo: Por Que é Importante e Como Fazer Isso

Para lançar uma campanha de marketing para eCommerce eficaz, você precisa conhecer seu mercado-alvo.

Você pode fazer isso coletando informações importantes sobre seu público-alvo:

  • Demografia. Essas informações incluem a faixa etária, discriminação por sexo, salário e localização do seu público-alvo.
  • Psicografia. Os atributos psicológicos consistem em interesses, escolhas de estilo de vida e opiniões.

Essas informações ajudarão você a criar uma persona do comprador – uma representação fictícia de seu consumidor-alvo. Você pode navegar por fóruns de produtos e avaliações de clientes para obter mais informações sobre seus compradores ideais.

Ter até cinco personas do comprador facilitará o processo de brainstorming, permitindo que você crie estratégias e táticas eficazes para conversões ideais.

O próximo passo é fazer um brainstorming das táticas de marketing para eCommerce que melhor atraem essas pessoas.

Por exemplo, uma marca de suco saudável e de baixa caloria tem duas personas de comprador. O cliente A (Tim) tem 16 anos e adora andar de skate, e o cliente B (Tina) tem 23 anos e acabou de começar seu primeiro emprego fora da universidade.

Uma ótima tática de marketing para atrair Tim seria criar conteúdo de desafio divertido e energético no Instagram ou TikTok. Por outro lado, Tina estaria mais propensa a comprar sua bebida se você destacar seus benefícios para a saúde.

Após planejar possíveis táticas de marketing para atingir cada persona, você precisa testá-las com um público real. Dê uma olhada nas análises sociais, conduza pesquisas de clientes e focos de grupos ou execute a tentativa e erro clássica para analisar o resultado.

As 28 Principais Estratégias de Marketing para eCommerce

Dê uma olhada nas seguintes estratégias de marketing digital para eCommerce que você pode usar para atingir suas metas de conversão e vendas.

1. Otimização para Mecanismos de Pesquisa (SEO)

SEO é uma tática popular de marketing para eCommerce que se concentra em melhorar a visibilidade de um site nos mecanismos de pesquisa.

Com tantos sites circulando na web, é preciso um grande esforço para classificar nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa. O SEO ajuda a fazer isso acontecer, direcionando o tráfego orgânico para sua loja online e aumentando as vendas e conversões.

A seguir estão alguns fatores que os algoritmos dos mecanismos de pesquisa consideram ao compilar os resultados da pesquisa:

  • Experiência de usuário. Como os mecanismos de pesquisa geralmente não recomendam sites lentos e inseguros para seus usuários, otimize seu site para ter velocidade e implemente uma segurança SSL nele.
  • Relevância. Esse fator está relacionado a como o conteúdo do seu site se alinha com a busca. Implemente palavras-chave relevantes em toda a sua loja online e produza conteúdo de alta qualidade para melhorar sua capacidade de pesquisa.
  • Autoridade. Os mecanismos de busca só recomendam sites confiáveis. Você pode colaborar com outros sites do seu setor e criar backlinks para aumentar a credibilidade.

2. Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é centrado na criação de conteúdo valioso e consistente, relevante para um mercado-alvo específico. Algumas das atividades incluem a criação de postagens de blog e conteúdo de mídia social, bem como a realização de email marketing para eCommerce.

Exemplo de marketing de conteúdo da Hostinger

O marketing de conteúdo é altamente eficaz para criar confiança e estabelecer sua marca como líder do setor, pois cria uma comunicação direta com os consumidores. Quanto mais valioso for o seu conteúdo, maior a probabilidade de nutrir uma base sólida de clientes.

Embora o marketing de conteúdo possa ser feito com um orçamento mínimo, essa tática de marketing para eCommerce requer consistência, dedicação e criatividade. Dito isso, os resultados podem não ser tão instantâneos quanto outros esforços de marketing nesta lista.

Dica

Para colocar em prática a tática de marketing de conteúdo, você vai precisar ter um site ou um blog. Se você quer começar já economizando, use um código de cupom de desconto na compra de planos de hospedaem de site e domínio aqui mesmo na Hostinger.

3. Use o Google Shopping

O Google Shopping exibe produtos de vendedores que optaram por aparecer neste serviço do Google. As ofertas são exibidas com base na relevância da palavra-chave e em outras atividades de pesquisa.

O Google também usa um programa que é o Google Customer Review para mostrar as opiniões dos compradores sobre os produtos em destaque.

É uma maneira fácil de maximizar o tráfego orgânico e pago para seu site de eCommerce.

Dica do Especialista

O Google Shopping exibe ofertas vinculadas às pesquisas do usuário no Google – e quando o usuário clica em um item, ele é direcionado diretamente para o site do vendedor. É um dos métodos mais simples e econômicos para uma empresa de eCommerce aumentar as vendas de produtos.

Isso ocorre porque eles filtram com sucesso os clientes em potencial exibindo a imagem e o preço do produto, garantindo que os anunciantes recebam apenas cliques altamente segmentados. Este é um processo simples de implementar em plataformas como Shopify ou WooCommerce.

As campanhas do Google Shopping aumentaram as taxas de conversão e as taxas de cliques (CTR) em até 200%. Isso foi feito segmentando consumidores que interagiram com uma marca adicionando produtos a seus carrinhos ou navegando pelas categorias de produtos. Ao restringir nosso público, notamos uma diminuição nos cliques gerais, mas um aumento significativo na CTR e nas conversões – uma situação ganha-ganha para dinheiro e ROI.

– Gerrid Smith, CMO no Joy Organics

4. Publicidade Paga

A publicidade paga é uma prática de compra de espaço publicitário online ou offline para atrair tráfego de internet.

Existem diferentes tipos de publicidade online paga – anúncios gráficos, anúncios do Facebook e Instagram, Adwords e retargeting, para citar alguns.

Página inicial de publicidade paga do Instagram

Exemplos de publicidade offline incluem a compra de espaço publicitário em um outdoor, fixar um pop-up da loja ou o patrocínio de um evento para divulgar sua loja de eCommerce.

Como a publicidade paga permite que sua marca fique na frente de clientes em potencial, ela produz benefícios imediatos, como maior reconhecimento da marca e volume de tráfego da Web para suas páginas de produtos ou para o site.

Certifique-se de considerar o seu mercado-alvo e a natureza do seu negócio ao escolher uma plataforma para lançar sua campanha de marketing digital para eCommerce.

5. Marketing de Mídia Social

O marketing de mídia social trata de educar um público sobre uma marca e seus produtos. Envolve aproveitar as mídias sociais criando conteúdo de alta qualidade, engajando seus seguidores, veiculando anúncios e analisando insights.

As mídias sociais ajudam a promover um relacionamento direto com os clientes, facilitando a fidelização e a confiança. Semelhante ao marketing de conteúdo, esse plano de marketing também é econômico.

Aqui estão quatro maneiras de se destacar no marketing de rede social:

  • Concentre-se na plataforma de rede social certa. Por exemplo, o Instagram é ótimo para segmentar grupos demográficos mais jovens, enquanto o Facebook é a melhor escolha para atender a uma faixa etária com mais de 30 anos.
  • Utilize a versão empresarial. As versões comerciais do Facebook e do Instagram fornecem ferramentas que facilitam o envolvimento das empresas com os clientes. Alguns de seus recursos notáveis ​​incluem botões de apelo à ação e links de histórias.
  • Lembre-se do princípio 80/20. Embora seja essencial promover sua loja de eCommerce, o marketing de mídia social também deve se concentrar em inspirar, educar e entreter seus seguidores.
  • Envolva seu público. Responda aos comentários dos clientes, faça brindes, incentive o conteúdo gerado pelo usuário e, o mais importante, ouça seus comentários.

6. Marketing Omnicanal

O marketing omnicanal é uma abordagem que garante uma experiência do cliente consistente e suave entre os canais online e offline.

Assim, os clientes podem converter facilmente em qualquer canal usado – seja pelo site de eCommerce, canais de redes sociais ou em uma loja física.

Página inicial do Zyro pelo Hostinger

Essa abordagem melhora muito a satisfação do cliente e gera conversões de vendas mais altas.

Comece mapeando a jornada do cliente. O objetivo é facilitar para os clientes comprarem seus produtos.

Campanhas omnicanal bem-sucedidas geralmente usam tecnologia para oferecer uma experiência de compra ideal, como uma ferramenta de bate-papo ao vivo, códigos QR e sistema de gerenciamento de conteúdo.

7. Venda Diretamente nas Mídias Sociais

O americano médio gasta aproximadamente duas horas e seis minutos por dia nas mídias sociais. Assim, seria ideal conhecer seus clientes onde eles estão e aproveitar a capacidade do Facebook e do Instagram de vender diretamente aos consumidores.

No Instagram, você pode criar uma postagem comprável marcando seu produto. Quando um seguidor clica no ícone da sacola de compras, ele o leva diretamente às páginas de produtos relevantes em seu site.

Funciona de forma semelhante no Facebook. Como a plataforma é principalmente baseada na web, ela se parece com o formato usual de catálogo de produtos de eCommerce.

Vender diretamente ao cliente melhora sua estratégia geral de omnicanal e torna o processo de conversão mais rápido e fácil. Estar na frente dos clientes sem intermediários dá mais informações sobre seus produtos favoritos e que tipo de postagem gera mais vendas.

Para começar a vender em plataformas sociais, defina seu perfil como uma conta de comércio. Algumas plataformas de eCommerce permitem exportar produtos para mercados online automaticamente, portanto, verifique a integração com suporte da sua plataforma preferida.

Depois de configurar uma conta, informe seus seguidores nas redes sociais que eles podem comprar diretamente do Instagram e do Facebook. É uma boa ideia criar uma promoção ou hashtag especial no dia do lançamento.

8. Retargeting e Remarketing

Retargeting e remarketing são semelhantes na teoria, mas diferentes na prática.

Retargeting é a prática de veicular anúncios para clientes em potencial por meio do uso de cookies. Isso é feito por meio de grandes redes de anúncios de terceiros, como o Google Ads, que dá acesso a milhões de sites.

O principal objetivo do retargeting é aumentar as taxas de cliques (CTR) e aumentar o tráfego do site.

Por outro lado, o remarketing gira em torno de reengajar antigos visitantes do site ou clientes anteriores, geralmente por meio de email e pixel tags.

Essa estratégia de marketing digital para eCommerce visa influenciar os clientes que já estão pensando em comprar seus produtos, para finalmente fazer a conversão.

9. Marketing por Indicações

O marketing por indicações usa o marketing boca a boca para divulgar a marca. Ao transformar os compradores atuais em embaixadores da marca, você pode acelerar o crescimento e aumentar as vendas em cinco vezes.

O Uber se tornou um sucesso da noite para o dia devido, em parte, ao marketing por indicações. O pioneiro do compartilhamento de caronas deu crédito aos passageiros existentes para cada amigo que eles indicassem e deu aos novos inscritos uma carona grátis de até US$20. Isso resultou em seu rápido crescimento e tornou o Uber um nome familiar.

O marketing por indicações é eficaz porque permite que os clientes atuais defendam uma marca, dando à empresa acesso imediato a um mercado mais amplo. Como as indicações geralmente vêm de pessoas confiáveis, isso também desempenha um papel no aumento das conversões.

O principal benefício do marketing por indicações é que ele reduz o custo de aquisição de clientes. Assim como no Uber, em vez de pagar US$20 em marketing, a empresa gasta com um cliente infalível.

Para implementar uma estratégia semelhante, comece calculando o custo de aquisição de clientes da sua empresa e, em seguida, veja se você pode oferecer aos clientes algo que valha menos do que isso gratuitamente. Forneça recompensas valiosas para seus usuários existentes e novos indicados para incentivar a participação.

10. Marketing de Influência

O marketing de influência é semelhante aos endossos de celebridades, pois você colabora com influenciadores para promover seus produtos e marca em troca de presentes ou fundos monetários.

A estrela do TikTok, Hyram, teve tanta atração com seu público que fez com que a linha de cuidados com a pele, CeraVe, se esgotasse, apesar de circular no mercado há mais de 15 anos.

O principal benefício do marketing de influenciadores é que, se feito corretamente, ele dá à sua marca acesso direto aos espectadores já engajados de um influenciador, agilizando assim o processo de construção de audiência.

Para implementar influenciadores em seu marketing digital para eCommerce, comece pesquisando influenciadores que atendem ao seu mercado-alvo e taxa de engajamento.

Depois de encontrar influenciadores em potencial, entre em contato com eles para uma colaboração. Você pode garantir o negócio enviando um produto para eles em troca de um post ou menção nas mídias sociais, ou você trabalha com eles no lançamento de um produto – as oportunidades são infinitas.

11. Marketing de Afiliados

O marketing de afiliados funciona pagando uma comissão a um afiliado cada vez que ele vende um produto de uma marca por meio de um link de afiliado.

Página inicial de marketing de afiliados da Hostinger

É uma maneira econômica e de baixo risco de escalar seus negócios. Também é uma ótima maneira de aumentar o tráfego orgânico da web e o SEO, pois cada clique levará os visitantes diretamente para suas páginas de produtos.

Para começar com o marketing de afiliados, adicione uma página de marketing de afiliados em seu site de eCommerce e convide os criadores a se inscreverem como afiliados. Recomendamos trabalhar com redes de afiliados confiáveis ​​para gerenciar todos os links de afiliados e colocá-los na frente de mais afiliados.

Nossos planos de hospedagem de site estão em promoção o ano inteiro, sempre com preços como se fossem ofertas de Black Friday. É a sua chance de ter um site de afiliados economizando no seu projeto.

12. Email Marketing

O marketing por email usa mensagens de email para se comunicar com um público. É uma das estratégias de marketing mais benéficas com altas taxas de conversão, especialmente quando mais de 60% das pequenas empresas afirmam usar o email marketing para eCommerce para atingir seus clientes.

Emails de marketing não precisam ser relacionados a vendas. Você pode enviar boletins mensais e manter vendas e promoções exclusivas abertas para usuários que doarem seus endereços de email.

Para criar uma lista de email, configure um formulário de inscrição em seu site de eCommerce e ofereça recompensas para os usuários que se inscreverem. Você pode então usar os dados compilados para enviar ao seu público atualizações sobre novas vendas, páginas de produtos e as últimas tendências. O OptinMonster é uma ótima ferramenta para ajudar a otimizar suas estratégias de email marketing para eCommerce. Este software oferece um excelente pacote de recursos, como campanhas direcionadas para aumentar sua lista de assinantes. Além disso, o OptinMonster se integra a mais de 30 provedores de serviços de email.

Exemplo de pop-up de e-mail marketing

13. Simplifique o Processo de Checkout de eCommerce

Com 38% das pessoas deixando um site se ele tiver um design ruim, ter um excelente design de experiência do usuário (UX) é vital para uma loja de eCommerce.

Dito isso, certifique-se de criar uma loja de eCommerce com uma jornada do cliente clara. Integre logins sociais com Facebook e Google para um processo de inscrição mais simples e coloque botões de chamada para ação em locais estratégicos em todo o site.

Além disso, facilite a alternância entre o carrinho de compras e o site. Você também pode personalizar a experiência com itens “recomendados para você”.

14. Upsell e Cross-Sell

O valor médio do pedido (AOV) é o valor médio gasto por pedido. Aumentar isso resultará em um melhor retorno sobre o investimento (ROI) nos custos de aquisição de clientes e no resultado.

Ao antecipar as necessidades do cliente, você está proporcionando uma melhor experiência ao cliente.

Você pode aumentar seu AOV usando técnicas de upselling e cross-selling. Upselling é recomendar itens de maior valor para seus clientes no checkout, enquanto cross-selling é recomendar produtos complementares ao carrinho de compras do seu cliente.

A maioria dos sites de eCommerce modernos tem uma lista de itens recomendados automatizados e personalizados no checkout.

Outra maneira de fazer isso acontecer é agrupando seus itens mais vendidos ou itens complementares. Os clientes podem então comprá-los como um pacote.

15. Otimize a Experiência de Compra Mobile

Os eMarketers preveem que o comércio móvel impulsionará até 50% de todas as vendas de eCommerce até 2022. Portanto, é fundamental ter uma estratégia móvel na primeira oportunidade.

Além de conversões de vendas mais altas, a otimização para dispositivos móveis também melhorará o SEO e a experiência do cliente – apoiando ainda mais sua estratégia omnicanal.

Uma das maneiras de otimizar seu site para celular inclui personalizá-lo para a localização de um usuário. Você pode fazer isso pedindo permissão para usar sua localização móvel, fornecendo ao site informações mais específicas com base na localização.

A capacidade de resposta móvel, a velocidade e o design geral da Web também desempenham um papel vital na otimização móvel. Por fim, certifique-se de que seus pagamentos móveis sejam perfeitos e seguros.

16. Vendas Relâmpago

Uma venda relâmpago é um desconto ou promoção oferecida por um curto período. Normalmente, as lojas vendem seus produtos com 50-70% de desconto no preço de varejo por um fim de semana ou mesmo por algumas horas.

Página inicial de venda em flash do site de moda

Essa estratégia de marketing é excelente para limpar o estoque de eCommerce rapidamente e abrir espaço para novos produtos. Se você tem itens de baixa venda, as vendas instantâneas oferecem uma oportunidade perfeita para equilibrar esses produtos. Mas, no geral, as vendas instantâneas são uma ótima tática para aumentar as vendas e aumentar o reconhecimento da marca.

Ao organizar uma venda relâmpago, seria melhor observar as tendências do mercado para cronometrar perfeitamente.

Empresas de grande porte podem dar uma olhada em seus dados de vendas e definir um horário mais adequado ao comportamento de seus compradores. Para as empresas que estão apenas começando, o momento certo para fazer uma venda relâmpago é antes ou depois das férias, ou a cada poucos meses.

É provável que haja muito tráfego vindo do seu site. Assim, garanta que seu plano logístico consiga suportar os altos volumes de vendas.

Para aumentar ainda mais as vendas e o engajamento do cliente, tenha um plano estratégico de mídia social e email marketing para eCommerce pronto para criar hype para o evento.

17. Ative um Recurso de Ajuda de Bate-papo Ao Vivo

O chat ao vivo é um recurso automatizado em um site que conecta um agente de atendimento ao cliente ou um chatbot para ajudar nas consultas dos clientes.

Os chatbots fornecem respostas rápidas a perguntas comuns para ajudar a resolver os problemas dos visitantes mais rapidamente, melhorando a experiência do cliente se você não tiver funcionários suficientes para responder.

O suporte ao cliente ajuda a construir confiança e credibilidade.

A maioria das plataformas de eCommerce oferece um recurso de bate-papo ao vivo integrado, portanto, verifique primeiro com a sua. Se não oferecer recursos de bate-papo ao vivo, você pode usar uma solução de software de terceiros como o Zendesk.

Exemplo de chat ao vivo do Zendesk

18. Desenvolva uma Estratégia de Otimização da Taxa de Conversão

A taxa de conversão é a porcentagem de visitantes do site que concluem uma determinada ação desejada, como se inscrever em um boletim informativo ou concluir uma compra.

Você pode calcular a taxa dividindo o número de conversões pelos visitantes do site e multiplicando por 100. Uma taxa de conversão mais alta significa que seu site é eficaz em direcionar visitantes para clientes pagantes.

Além dos benefícios óbvios de vendas mais altas, uma alta taxa de conversão facilita o restante de sua estratégia de marketing. Também reduz os custos de aquisição de clientes e fornece informações sobre as táticas que funcionam melhor com seus clientes.

Enfatize os botões de call-to-action na página inicial e em todas as postagens do blog para otimizar as conversões. Como alternativa, use diferentes tipos de mídia, como vídeo e imagens, para criar materiais promocionais que atrairão a atenção dos visitantes.

19. Oferta de Cupons e Descontos

94% dos compradores procuram uma oferta ou promoção quando fazem compras físicas ou online. Por esse motivo, implementar cupons e descontos como parte de seu plano de marketing oferece um grande potencial para mais conversões e maior volume de tráfego.

Os cupons são códigos compartilháveis ​​que usuários específicos podem usar, enquanto os descontos são vendas promocionais que oferecem menos do que o valor de varejo por um determinado período.

Os visitantes podem aplicar códigos de cupom no checkout para receber uma oferta especial com sua compra, como um desconto percentual ou um item gratuito. Os itens com desconto geralmente são exibidos na página de Vendas de um site de eCommerce.

Embora ambos sejam ótimos para melhorar as conversões, lembre-se de que alguns visitantes podem se passar por compradores ocasionais, se tornando não benéficos para as perspectivas de longo prazo de sua loja. Assim, certifique-se de implementá-los em sua loja de eCommerce estrategicamente.

20. Foco na Redução e Recuperação de Carrinhos Abandonados

Um carrinho de compras abandonado ocorre quando um cliente adiciona itens ao carrinho, mas não conclui a compra.

As principais razões pelas quais isso acontece incluem problemas com envio e entrega, sendo forçado a criar uma conta ou o fato de os clientes estarem apenas comparando preços.

Para reduzir o abandono de carrinho quando os clientes estão fazendo compras online, não force os clientes a criar uma conta. Outras coisas que você pode fazer incluem proporcionar uma experiência de compra tranquila e sem complicações e ser claro sobre preços e frete.

Você pode aproveitar os emails de recuperação de carrinhos abandonados fornecidos por algumas soluções de eCommerce para recuperar carrinhos abandonados em sites de eCommerce. Estratégias de remarketing, como emails personalizados e notificações push na web, também podem ser úteis para lembrar os clientes.

21. Crie Conteúdo Educacional (em Vídeo) Sobre Como Usar seus Produtos

Com mais pessoas interessadas em conteúdo de vídeo, esta é uma ótima oportunidade para aumentar as classificações das páginas na pesquisa, aumentar as conversões e melhorar o envolvimento geral e a confiança com os clientes.

Você pode criar três tipos de vídeos educacionais para facilitar as compras online: tutoriais, vídeos de unboxing e análises de produtos.

A gigante do café solúvel, Nespresso, usa vídeos para ensinar aos clientes como usar as máquinas de café e as diferenças entre máquinas de café e sabores para auxiliar na decisão de compra. Isso aumenta a confiança na empresa e melhora a experiência de atendimento ao cliente.

Para implementar uma estratégia semelhante em sua loja de eCommerce, decida se deseja criar seus próprios vídeos ou selecionar conteúdo misto para seus produtos mais vendidos. Como alternativa, colabore com influenciadores e incentive os compradores a criarem vídeos de unboxing e revisão de produtos.

Você deve adicionar vídeos mais próximos das páginas de conversão e otimizá-los para dispositivos móveis para melhorar o SEO e a experiência geral de visualização.

22. Use o Analytics para Obter Informações Sobre o Comportamento do Cliente

Essa tática envolve a coleta de dados para entender o comportamento do cliente e tomar melhores decisões baseadas em dados para gerar mais vendas.

A coleta de dados começa no estágio de descoberta até o estágio de aquisição, conversão e retenção da jornada do cliente. Isso inclui alcance, impressões, taxa de cliques e conversões.

Esses dados ajudarão você a entender quais estratégias e produtos de marketing funcionam melhor e o que os clientes desejam. Este último ponto é particularmente útil na compilação de recomendações de produtos.

23. Personalize a Experiência de Compra

Aumente as vendas em até 10% personalizando a experiência de compra para os clientes.

Você pode usar questionários para recomendar os produtos certos para os visitantes e usar análises para fazer upsell e cross-sell.

Se você acertar a personalização, pode melhorar a satisfação do cliente e aumentar as vendas.

24. Adicione um Recurso de Lista de Desejos à sua Loja Online

Essa é uma ótima maneira de envolver os clientes que estão no meio de um funil de vendas. Ou seja, clientes que estão interessados ​​em comprar produtos, mas ainda não podem se comprometer.

Permitir que os clientes salvem produtos para mais tarde gera mais inscrições de contas, o que é ótimo para sua estratégia de marketing por email. Também pode ajudar a reduzir os carrinhos abandonados, permitindo que os clientes concluam a compra assim que estiverem prontos.

Verifique com sua plataforma de eCommerce se eles oferecem essa função.

25. Ofereça Descontos, Presentes e Frete Grátis em Vendas Maiores

Ofereça incentivos para pedidos maiores para incentivar a compra no atacado. Essa é uma estratégia ideal se você deseja limpar o estoque ou aumentar o AOV.

Você também pode oferecer frete grátis para pedidos acima de um determinado preço nominal. 93% dos clientes são mais propensos a comprarem itens quando inclui frete grátis.

Dessa forma, os clientes provavelmente comprarão mais itens do que precisam, gerando mais receita sem forçá-los a fazer compras.

26. Aproveite o Poder das Avaliações (Positivas) dos Usuários

Avaliações de usuários ou conteúdo gerado pelo usuário consiste em compartilhar novamente as avaliações e o conteúdo de seus clientes para promover sua marca e seus produtos. É uma ótima tática para implementar, pois as pessoas provavelmente confiam e querem saber o que outros clientes têm a dizer sobre sua marca.

Compartilhar novamente avaliações e fotos positivas em seu site ou feed de mídia social pode ser uma prática poderosa para converter clientes e ajudá-los no processo de tomada de decisão.

Além de ajudá-lo a converter e adicionar conteúdo ao seu marketing para eCommerce, ambos os planos de marketing podem aumentar o reconhecimento da marca e criar confiança.

Você pode incentivar a participação do cliente criando hashtags de campanha e oferecendo recompensas para os usuários que enviarem suas histórias.

27. Aproveite o FOMO

FOMO (fear of missing out) significa “medo de perder algo”, com o qual muitas pessoas lutam hoje em dia. O setor de marketing para eCommerce muitas vezes aproveita essa emoção para aumentar as vendas.

Mostrar quantidades limitadas em suas páginas de produtos é uma ótima maneira de evocar o FOMO e incentivar a ação, pois os clientes provavelmente terão medo de perder um item.

Ter uma limitação de tempo em uma venda ou promoção especial, como frete grátis, é outra maneira eficaz de evocar o FOMO.

28. Jogue com Diferentes Estratégias de Preços

Com os compradores tendo mais poder de compra e opções do que nunca, fica claro como os preços afetariam o processo de tomada de decisão dos compradores.

Para ficar à frente da concorrência e potencialmente aumentar as conversões ou o tráfego na web, considere o uso de estratégias de preços psicológicos para atrair a atenção.

Por exemplo, descobriu-se que os clientes veem preços que terminam com números ímpares como $1,99 como uma pechincha em comparação com preços arredondados de números pares, como $2.

Outras táticas de precificação incluem riscar o preço total quando você está fazendo uma venda ou oferecer itens em um combo para mostrar aos compradores quanto eles estão economizando.

Conclusão

Existem muitas estratégias de marketing para eCommerce que você pode implementar para sua loja online.

Embora existam algumas tendências gerais de eCommerce que funcionam para todos, as estratégias e táticas mais eficazes que você usa dependerão de suas metas de marketing e do mercado-alvo.

Esperamos que este artigo inspire sua estratégia de marketing para eCommerce. Agora saia para o mundo e comece seu negócio de eCommerce!

Perguntas Frequentes Sobre Estratégia de Marketing para eCommerce

Com qual estratégia de marketing para eCommerce devo começar?

Os iniciantes podem achar o marketing por indicações a estratégia de marketing digital para eCommerce mais fácil da lista. Também recomendamos começar com SEO na primeira oportunidade. Comece pequeno, selecionando conteúdo relevante e informativo e criando backlinks para sites respeitáveis.

É possível fazer o marketing de um site de eCommerce sem dinheiro? 

Absolutamente! Estratégias de marketing para eCommerce, como marketing por indicações e SEO, exigem pouco ou nenhum orçamento para começar. Concentrar-se em oferecer uma boa experiência e suporte ao cliente é a melhor maneira de se envolver com novos clientes e aproveitar o poder das avaliações positivas.

Author
O autor

Daniela C.

Daniela tem interesse em marketing digital, é especialista em SEO e faz parte do time de SEO & Conteúdos da Hostinger. Em seu tempo livre, ela gosta de viver a sua vida explorando o mundo, colecionando memórias e aventuras.