VPS

Para Que Serve VPS e Quando Usar um Servidor VPS

aprenda para que serve vps e saiba quando usar um servidor vps

Quem conhece o mundo de hospedagem de sites sabe que o Virtual Private Server (VPS) é a progressão natural de um plano de hospedagem compartilhada. Com o crescimento do seu site, vai chegar o momento em que você vai precisar de mais recursos. Por isso é importante saber o que é, para que serve VPS, e qual é o momento certo começar a usar um Servidor VPS.

Neste artigo, vamos abordar as diferenças entre uma VPS e uma hospedagem compartilhada. Então, vamos ajudar a determinar o momento certo de fazer o upgrade e ensinar os primeiros passos. São eles:

  1. Escolher o tipo de VPS certo para seu projeto.
  2. Aprender a conectar com o servidor via SSH.
  3. Usar linhas de comando para gerenciar o servidor VPS.

Vamos começar? #partiu

Para Que Serve VPS: Diferenças entre Hospedagem Compartilhada e Servidor VPS

Todo site precisa de um servidor para que os visitantes possam acessá-lo. Um servidor é um computador como qualquer outro, apenas com um software específico instalado (assim como hardware, em muitos casos).

Quando falamos de hospedagem compartilhada, estamos nos referindo a diversos sites hospedados no mesmo servidor. Essa costuma ser a solução de hospedagem mais barata. Mas existem algumas desvantagens.

Para entender essas desvantagens, você precisa imaginar que o seu site é um programa de computador. Para que ele funcione, é necessário alguns recursos, como memória RAM e processamento (CPU).

Quanto mais pessoas usarem esses recursos ao mesmo tempo, mais vai ser necessário para dar conta do recado.

Mas qualquer computador (ou servidor) possui um limite de recursos disponíveis. Isso significa que, com a hospedagem compartilhada, você pode chegar ao esgotamento dos recursos.

E, com isso, seu site vai apresentar dificuldades técnicas. Na prática, isso geralmente acontece em dois casos. São eles:

  1. Quando o provedor de hospedagem armazena uma quantidade excessiva de sites no mesmo servidor.
  2. Quando o seu site recebe muito tráfego.

Se você escolheu um provedor de boa reputação, o primeiro caso não deve ser um problema.

Mas, com o crescimento do seu site e o aumento na quantidade de acessos, é inevitável que os recursos da sua hospedagem compartilhada não sejam suficientes. Isso significa que é hora de migrar para um plano melhor.

É aqui que você entende para que serve VPS, pois é hora de contratar uma hospedagem VPS. O termo Virtual Private Server (VPS) pode parecer um pouco intimidante, mas é mais simples do que parece.

Com um servidor VPS você ainda compartilha o mesmo servidor com outros usuários. Porém, cada servidor virtual é particionado com recursos dedicados.

Abaixo estão algumas características que diferenciam uma VPS de uma hospedagem compartilhada.

  • Servidores VPS são segmentados. Mesmo que os usuários ainda dividam o mesmo servidor físico, cada um possui um ambiente é separado e independente.
  • Não há compartilhamento de recursos. Cada VPS recebe uma quantia específica de recursos que não é compartilhada com mais ninguém.
  • Servidores VPS tendem a ser altamente escaláveis. Dependendo do seu provedor, você pode contratar mais recursos de acordo com a necessidade do seu projeto (por exemplo, mais memória RAM e poder de processamento).
  • Controle total sobre o servidor. Em um servidor VPS você tem acesso para configurar o servidor, seja por conta própria ou com ajuda do provedor de hospedagem.

Vamos falar um pouco sobre o último ponto. Geralmente, os planos de hospedagem compartilhada não dão muita liberdade de ajustar as configurações do servidor.

O comum é o provedor de hospedagem realizar todas as configurações e fornecer acesso a um painel de controle de hospedagem para seus usuários. Como no exemplo abaixo:

painel de controle da hospedagem de sites

Esses painéis normalmente são bem completos para gerenciar diversos aspectos do seu site. Mas, para quem possui experiência com gerenciamento de servidor (ou deseja aprender), eles deixam um pouco a desejar.

Fazer um upgrade para um servidor VPS, nesses casos, é uma ótima opção, já que você tem mais autonomia de definir as configurações do seu servidor.

No fim das contas, fazer um upgrade para VPS em tudo a ver com mais recursos e funcionalidades para melhorar o desempenho do seu site. Agora vamos falar sobre o momento ideal de fazer a mudança.

Quando Migrar de uma Hospedagem Compartilhada para VPS

O fator mais importante a ser considerado no upgrade para VPS é o desempenho. Principalmente para sites em crescimento, em que os recursos da hospedagem compartilhada não são mais suficientes.

Atingir os limites de recursos depende principalmente do hardware de seu provedor e as configurações do servidor e o plano contratado. Isso porque a grande maioria dos provedores oferecem vários planos distintos, mesmo para hospedagem compartilhada. 

planos de hospedagem compartilhada

Como a experiência de um provedor para outro sempre difere, fica difícil estipular o momento exato para fazer o upgrade. Mas se o seu site se enquadra em algum (ou todos) os aspectos abaixo, então significa que provavelmente chegou a hora.

  • Você recebe aproximadamente 100-200 acessos diários.
  • Há um aumento significativo na sua taxa de rejeição.
  • O tempo de carregamento de sua página está cada vez maior e seu site está começando a ter problemas de queda.

É bom lembrar que os 100-200 acessos diários é só uma regra geral. Se você possui um plano robusto de hospedagem compartilhada, poderá receber milhares de acessos mensais. Também é importante mencionar que há diversos aspectos que impactam no desempenho do seu site, além do plano de hospedagem.

É por isso que recomendamos a otimização constante do seu site para garantir uma boa performance. Mas, se o seu site continua apresentando problemas de velocidade mesmo após você ter tentado todos os métodos de otimização disponíveis, provavelmente é hora de um upgrade.

E, como você já sabe o que é e para que serve VPS, já tem uma boa noção de como o serviço pode ajudar seu projeto a decolar na internet.

Felizmente, hoje em dia, os servidores VPS possuem um preço bastante acessível. Apesar de ainda serem mais caros do que os planos de hospedagem compartilhada. Mas, considerando todos os benefícios, pode ser um ótimo negócio.

As coisas começam a ficar realmente caras quando você precisa ir além de um servidor VPS e passa para um servidor dedicado. Mas, poucos sites precisam de tanta potência. Para isso, é necessário receber milhares ou milhões de acessos diários.

Como Usar VPS (em 3 Passos)

O que é e para que serve VPS não é mais um mistério para você. E, como você já se decidiu por um upgrade, existem algumas coisas a serem consideradas antes de você começar.

Basicamente, você precisa saber se conectar com o servidor e aprender os comandos básicos de gerenciamento. Vamos cobrir isso um pouco mais a frente, agora vamos descobrir como escolher o plano certo.

1º Passo: Escolha o Plano Ideal para Seu Site

Quando você começa a pesquisar sobre planos de VPS, vai perceber que os provedores geralmente dividem de acordo com os recursos que cada um oferece. Estes são alguns exemplos de comparação entre planos de VPS da Hostinger. 

planos de hospedagem vps na Hostinger

A diferença aqui está na quantidade de recursos que cada plano disponibiliza. Assim como na compra de um computador, você precisa saber qual tipo de hardware é necessário para suas necessidades.

Para começar, vamos fazer uma comparação generalizada entre os dois primeiros planos. Assim, você tem uma ideia do impacto que a quantidade de recursos causa na escolha.

  1. Opção #1: Em um servidor com 1GB de memória RAM, você pode executar um site simples em WordPress com tráfego moderado e boa performance. Mas, se você deseja hospedar diversas aplicações e um painel de controle, 1GB de RAM não vai ser suficiente.
  2. Opção #2: Com 2GB de RAM, você tem recursos suficientes para instalar um cPanel, por exemplo. Você também pode executar diversos sites comuns no mesmo servidor sem problema algum.

Como regra geral, geralmente recomendamos a escolha de um servidor com pelo menos 2 GB de RAM e um CPU de 4.8 GHz. Principalmente se o seu site possui muito tráfego. Os planos mais simples de VPS são uma ótima opção para quem deseja sair da hospedagem compartilhada e aprender a gerenciar um servidor.

Falando em gerenciamento de servidor, você só precisa ter um conhecimento mínimo e realizar algumas pesquisas.

2º Passo: Conecte com o Servidor via SSH

A experiência de gerenciamento de um VPS é completamente diferente de uma hospedagem compartilhada. Com a segunda opção, você geralmente tem acesso a um painel de controle onde as tarefas de “gerenciamento” são feitas.

Já os servidores VPS não vêm com um painel de controle. E  toda a comunicação é feita diretamente com o servidor. Para isso, você precisa utilizar linhas de comando, que vamos mostrar logo em sequência. Primeiro, você precisa conectar com o servidor através de um cliente SSH.

Um cliente SSH é uma aplicação que realiza a conexão com o servidor. Caso seu computador possua um sistema baseado em Unix instalado, você não precisa de um cliente. Basta acessar diretamente pela linha de comando. Isso quer dizer que você pode pular o próximo passo.

Mas para os usuários do Windows, é necessário um software como o PuTTY, nosso cliente SSH favorito. Ele ainda é grátis, o que é um benefício extra. Depois de instalar e executar o PuTTY, você deve ver uma tela como a de baixo.

painel de controle do putty

Para fazer a conexão é preciso saber o endereço de IP do servidor. As outras duas informações que você precisa saber é a porta que você vai utilizar e o tipo de conexão que deseja estabelecer. Por padrão, o PuTTY utiliza a porta 22, que é a mais comum entre as conexões SSH.

Quanto ao IP do servidor, você encontra essa informação no painel de controle de sua hospedagem. Insira o endereço de IP e clique no botão Open para estabelecer conexão.

Se o endereço de IP estiver correto, você será exigido inserir as credenciais de acesso.

acessando cliente SSH com Putty

Em um novo servidor, você provavelmente vai ter que usar as credenciais do usuário root, que também podem ser encontradas no painel da hospedagem.

Assim que acessar o servidor, você vai poder executar comandos. E é aí que a diversão começa.

3º Passo: Use Linhas de Comando para Gerenciar uma VPS

O principal motivo pelo qual as pessoas não simpatizam muito com a linha de comando é por não possuir uma interface gráfica. Tudo que você faz é baseado em texto, então é importante memorizar pelo menos os comandos mais básicos.

Felizmente, no Google, você encontra ajuda para praticamente qualquer problema. Então, você não precisa ser um hacker para utilizar a linha de comando.

Para ajudar você, montamos uma lista de comandos básicos SSH e o que cada um faz. Incluindo:

  • ls: Mostra o conteúdo do diretório (lista de nome dos arquivos).
  • mv: Mover arquivo/pasta.
  • cd: Navegar entre diretórios.
  • mkdir: Criação de novas pastas.
  • nano: Este comando permite a edição de arquivos com o editor Nano (tudo sem sair da linha de comando).

A esta altura, você já deve estar pronto para gerenciar o seu servidor. Lembre-se de que a sua conta tem privilégios totais para realizar alterações. Então, tome cuidado para não mexer em configurações que podem comprometer o servidor.

Conclusão

Para quem está começando, a hospedagem compartilhada é suficiente na maioria dos casos. Mas o esperado é que logo seu site comece a crescer e atrair mais público, sendo necessário mais recursos para atender a demanda.

Por isso, é muito importante saber o que é e para que serve VPS. Assim, você saca momento ideal para saber quando precisa de um servidor VPS para manter seu site sempre com alto desempenho.

Ficou com alguma dúvida sobre o momento certo de fazer upgrade para VPS? É só falar com a gente pelos comentários abaixo!

Andrei L.

Andrei é jornalista e conteudista na Hostinger. Tem experiência no WordPress, em conteúdos de tecnologia e conhecimentos avançados em SEO. É fã de games, adora vôlei e ama o inverno.

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
2
95
/mês

Cadastre-se

Receba nossos conteúdos e novidades direto no seu e-mail!

 

Estamos cadastrando...

Pronto! Obrigado por se inscrever!