Como Fazer Dropshipping e Começar seu Próprio Negócio

Como Fazer Dropshipping e Começar seu Próprio Negócio

Você pode já ter sonhado em ter um negócio online de dropshipping, mas não sabia exatamente por onde começar. Bom, não precisa mais se preocupar pois, neste artigo, nós vamos explicar para você todos os detalhes de como fazer dropshipping. Então, sem mais delongas, vamos começar a jornada!

Tutorial em Vídeo

Como Começar um Dropshipping em 7 Passos

Antes de começar um negócio de dropshipping, você precisa escolher um nicho do mercado e encontrar um bom fornecedor. Além disso, é necessário preparar suas finanças, criar um site, registrar sua empresa e criar uma estratégia de marketing.

Siga estes 7 passos para começar o seu negócio de Dropshipping:

  1. Escolha um Nicho do Mercado
  2. Faça uma Análise de Mercado
  3. Encontre um Fornecedor
  4. Prepare as Finanças
  5. Crie uma Loja Online
  6. Decida os Detalhes
  7. Faça o Marketing de sua Loja

O Que é Dropshipping?

Primeiramente, vamos contar para você qual é a definição de dropshipping – também conhecido como estoque na fonte. Em suma, é um tipo de modelo de negócio, como uma loja virtual, onde você poderá vender produtos sem ter o produto físico em mãos.

Isso significa que o fornecedor do produto irá enviá-lo diretamente para o consumidor depois que a transação acontecer.

Então, como você consegue lucrar com isso? É possível fazê-lo usando técnicas de majoração em seus preços. Isso significa que você tem que fazer a venda por um valor maior do que o cobrado pelo fornecedor.

Portanto, o mecanismo de estoque na fonte funciona assim:

  1. O consumidor compra o produto do vendedor (o drop shipper);
  2. O vendedor encomenda o produto do fornecedor;
  3. O fornecedor envia o produto para o consumidor.

Apesar de sua popularidade, negócios de dropshipping possuem algumas vantagens e desvantagens que precisam ser consideradas. Aqui estão algumas coisas que você deve saber antes de mergulhar no mundo de vendas de estoque na fonte.

como funciona o modelo de dropshipping em três passos

Como Começar um Negócio de Dropshipping?

Então você já sabe o fundamental do negócio de dropshipping. Agora nós iremos contar para você o que fazer para começar a trabalhar no ramo.

Nós vamos guiá-lo desde que o processo de procurar por ideias de produto até o marketing de sua loja de dropshipping. Aqui estão os passos:

1. Escolha um Nicho do Mercado

Como em qualquer outro modelo de negócios, preencher um vazio no mercado é um aspecto essencial de um loja de dropshipping de sucesso. Portanto, comece determinando seu nicho e seu público-alvo.

Um nicho de mercado, também conhecido como um pequeno segmento do mercado, é uma subcategoria específica de uma indústria mais ampla. Ele tem como objetivo satisfazer necessidades específicas do mercado, além de definir a faixa de preço e a qualidade do produto que você vai vender.

Por exemplo, se a indústria está centrada em bens recreativos para serem usados ao ar livre, o seu nicho de mercado pode ser equipamentos para andar de skate. De modo similar, capinhas de iPhone são um nicho do mercado de acessórios para aparelhos eletrônicos.

Encontrar um nicho para o seu dropshipping é uma parte integral para se destacar da concorrência, especialmente com a quantidade de empresas de dropshipping que existem hoje.

Portanto, aqui estão algumas coisas que você deve considerar enquanto busca ideias de negócios de dropshipping:

  • Determine seu interesse ou paixão. Escolha um nicho no qual você tem interesse. Conhecer bem os produtos que você vende pode fazer com que o processo de gerenciar sua empresa seja mais agradável.
  • Encontre uma solução. Se você está tendo enfrentando um problema, outras pessoas também podem estar tendo essa mesma dificuldade.
  • Pesquise os produtos mais vendidos. Você tem uma melhor chance de ganhar dinheiro com seu dropshipping se vender os produtos mais vendidos da internet. Faça uma rápida pesquisa no Google ou use ferrametnas como o Google Trends ou o TrendHunter para ver o que as pessoas estão procurando.
  • Venda produtos dos quais as pessoas precisam. Commodities como comida, produtos de higiene pessoal e itens de organização são clássicos do mercado doméstico. Esses bens estão sempre em demanda, o que significa que representam uma boa oportunidade de vender bem.

Portanto, certifique-se de pensar com cuidado na sua ideia de dropshipping, para então desenvolvedor um modelo de negócios lucrativo.

2. Faça uma Análise de Mercado

O próximo passo é conduzir uma análise de mercado e fazer uma avaliação profunda da indústria onde você está entrando. Essa análise deve incluir tanto a avaliação dos seus competidores quando do mercado-alvo. Os dados que você reunir também são valiosos para estimar as receitas, os lucros e o preço dos seus produtos.

Para começar a sua análise de mercado, aqui está uma breve compilação dos fatores que devem ser levados em consideração:

  • Pesquise o valor da indústria e o tamanho do mercado. Reúna estatísticas detalhadas sobre o tamanho, as tendências, as perspectivas e a taxa de crescimento do seu nicho. Você precisa saber se existem clientes o suficiente interessados no que você planeja vender.
  • Conheça seu público-alvo. Considere a demografia do seu nicho, incluindo a faixa etária, o gênero, o nível de renda, os hobbies e a ocupação.
  • Determine os hábitos de consumo dos seus clientes. Observe o comportamento de consumo e veja o que impulsiona a demanda por produtos. Ao conhecer os seus clientes e as suas preferências, você fará com que seja mais fácil de alcançá-los.
  • Pesquise e entenda seus concorrentes. Use ferramentas como Similarweb para encontrar os sites dos seus concorrentes e examinar o seu desempenho. Estude o que faz com que eles sejam únicos e se existem quaisquer lacunas no mercado.
  • Faça uma análise SWOT para ver os pontos fortes e fracos dos competidores. A sigla SWOT (FOFA em português) significa forças, oportunidades, fraquezas e ameaças. Ela ajuda você a fazer um bechmarking da sua marca e aprender com seus concorrentes.

3. Encontre um Fornecedor de Dropshipping

fornecedor de dropshipping brasileiro venda e cia

O fornecedor de dropshipping certo pode ser a diferença entre ter uma empresa de sucesso ou ver o seu negócio falir. Como os empresários de dropshipping não fabricam seus produtos, eles dependem bastante do qualidade do serviço e do produto do seu fornecedor.

Se você escolher um fornecedor ruim, os seus clientes podem receber produtos malfeitos, embalagens danificadas e enfrentar atrasos nas entregas. É inevitável que esses clientes vão culpar você pelo seu desempenho abaixo da expectativa, o que vai refletir mal na sua marca.

Portanto, é necessário ser altamente seletivo na hora de escolher um fornecedor para o seu dropshipping.

  • Garanta que ele tem boa reputação está dentro da lei. Encontre fornecedores aprovados pela indústria e possuem uma reputação sólida. Para evitar golpistas, peça a licença do fornecedor e verifique se ele possui uma boa lista de clientes.
  • Avalie sua presença online. Navegue pelo site do fornecedor e veja as análises para checar a qualidade do seu serviço.
  • Teste o seu suporte ao cliente. Ligue para o fornecedor e faça perguntas para checar se eles oferecem um suporte profissional e responsivo.
  • Analise a qualidade do produto. Peça algumas amostras e faça uma análise delas. Elas se parecem com as fotos do site do fornecedor? A descrição do site casa com o produto?
  • Confira se a embalagem é apresentável e segura. Tente encomendar um item frágil e enviá-lo para alguns endereços diferentes para ver se o fornecedor é consistente com a embalagem e o envio.
  • Certifique que o processo de atendimento dos pedidos cumpre seus requisitos. Quanto tempo leva para o fornecedor processar e enviar um pedido? Eles também lidam com devoluções?

Para ajudar você a começar na busca por fornecedores confiáveis, confira alguns sites de dropshipping como Venda e Cia ou Squid Fácil. Se você quiser trabalhar com fornecedores internacionais, confira opções como SaleHoo, Modalyst e Spocket.

Esses sites ajudam você a se conectar com os fornecedores certos, categorizando-os com base no seu nicho. Muitos também oferecem integrações com plataformas populares, como Shopify, BigCommerce e WooCommerce.

lista de integrações disponíveis no spocket, incluindo bigcommerce, shopify e ecwid

4. Prepare as Finanças

Não importa qual tipo de negócio você está tocando, é essencial separar suas finanças pessoais das finanças da empresa. Isso não apenas ajuda com a contabilidade e com os processos na justiça, como também faz com que seja mais fácil de gerenciar os investimentos e as receitas.

Nesta seção, vamos falar sobre os passos que você deve tomar para resolver as finanças da sua empresa de dropshipping.

  • Abra uma conta para PJ no banco. Abra uma conta no banco e registre um cartão de crédito corporativo no nome da sua loja de dropshipping. Use-o apenas para transações de negócios.
  • Solicite licenças locais. Separe algum tempo e dinheiro para checar com o escritório do governo local quais os custos para obter um alvará de funcionamento.
  • Colete as taxas das vendas para seus clientes. Na maioria dos países, é exigido que as empresas coletem alguma forma de taxa de venda ou de consumo de seus clientes. Lembre-se de checar com o escritório do seu governo local e revisar as leis sobre o assunto.
  • Pague as taxas para os fornecedores. Se o seu fornecedor de droshipping está em outro estado ou país, você precisa considerar a taxas como o DIFAL (Diferencial de Alíquota do ICMS). Confira se o seu fornecedor possui um nexo de imposto de venda em outros estados, ou se eles oferecem isenções fiscais para quem possui certificados de revenda.
  • Separe dinheiro para a manutenção. Considere fatores como as taxas das plataformas e os custos de marketing. Esses são gastos necessários para a manutenção e o crescimento da sua empresa.

5. Crie uma Loja Online

Saber quais produtos vender é uma coisa, mas fazer com que seus consumidores saibam que você os oferece é outra totalmente diferente.

É por isso que nós temos que garantir que os clientes saberão onde ir quando eles querem comprar nosso produto.

Afinal de contas, toda loja precisa de um endereço. De maneira similar, um negócio online também necessita de seu endereço – mas nesse caso é na forma de um nome de domínio.

Obtenha um Nome de Domínio

Lembre-se de fazer com que o seu domínio seja tão memorável quanto for possível e faça-o relevante para os consumidores que fazem parte do seu público-alvo. Porque é isso que os seus clientes vão digitar todas as vezes que eles precisarem de seus produtos.

Você pode já ter algumas ideias sobre o nome de domínio. Mas a verdadeira questão é: ele está disponível?

Não se preocupe, porque você pode checar a disponibilidade do seu nome de domínio usando a ferramenta de pesquisa de domínio da Hostinger.

Site de registro de domínio da Hostinger, onde é possível verificar que endereços estão disponíveis

Apenas digite o nome de domínio para ver se ele está disponível ou não. Fora proporcionar informações em relação à disponibilidade, nosso recurso também vai sugerir outros nomes de domínio relacionados.

Escolha uma Plataforma e Construa sua Loja

Então agora você tem o seu próprio endereço, mas e na hora de criar uma loja? A tarefa de construir uma loja online pode ser algo realizado ao utilizar o WordPress. Por esse motivo, o primeiro passo desse processo é instalá-lo.

Para facilitar a sua vida, recomendamos que você use o instalador automático da hospedagem gerenciada WordPress da Hostinger. Ele vai instalar e configurar automaticamente o WordPress no seu site.

Depois que você criou o seu site WordPress com sucesso e ele estiver online e operacional, o próximo passo é instalar o plugin Woocommerce. Ele vai permitir que você crie uma loja online dentro de seu website.

Exemplo do plugin Woocommerce aplicado num site do WordPress com foco em vendas online

Finalmente, depois de terminar a instalação do WordPress e do Woocommerce, você está pronto para finalizar seu website adicionando seus produtos e projetando o design de sua loja online.

6. Decida os Detalhes

Adicionar produtos para a sua loja online pode ser um processo complicado. Isso porque existem algumas coisas que você deve considerar, como por exemplo:

Custos de Envio

É necessário considerar que tipo de taxa de envio será cobrada de seus consumidores. Alguns clientes avaliam o custo do frete antes de fazer uma compra. Claro que isso varia dependendo da transportadora escolhida e da sua região, mas em geral há três tipos de taxas que você pode escolher:

  • Taxas por tipo – esse tipo de frete vai categorizar os custos com base no tamanho dos produtos. Isso significa que mercadorias de tamanho reduzido sairão mais baratas do que produtos de maiores dimensões.
  • Taxas em tempo real – essa opção é mais flexível. Afinal, o custo vai ser baseado no peso e no destino do produto. Portanto, o valor do envio entre diferentes mercadorias pode variar.
  • Frete de taxa fixa – uma taxa fixa é uma das opções mais fáceis de se implementar. Afinal, ela só cobra um preço único para todos os tipos de envio.

Taxas

Se você mora num estado que o obriga a pagar taxas de vendas, terá que descobrir o quanto esses tributos irão custar. Então, será necessário ajustar o custo do produto e o gasto total que os clientes terão com a mercadoria. Para essa tarefa, o ideal é sempre consultar um especialista em impostos.

Método de Pagamentos

O método de pagamento vai afetar a experiência de compra de seus consumidores. Quanto mais conveniente forem os métodos, mais felizes eles serão.

Você também pode se aproveitar da popularidade de um método de pagamento em particular para ganhar a atenção dos consumidores. Inclusive, você também precisará confirmar que o método de pagamento está oferecendo uma taxa de transação baixa.

7. Faça o Marketing de sua Loja

Nesse estágio, você deve se preocupar em promover o seu negócio de dropshipping. É possível usar algumas práticas de marketing digital para expor o seu negócio para o mundo.

Portanto, aqui estão alguns métodos de marketing digital que você pode usar para sua loja de estoque na fonte:

SEO

As pessoas estão constantemente pesquisando sobre tudo na internet. Se você está fazendo uso de propagandas em mecanismos de buscas, isso definitivamente lhe dará uma vantagem.

Um dos métodos mais populares de marketing digital para sites de pesquisa chama-se search engine optimization (SEO). Trata-se de uma maneira de fazer com que o seu website tenha um ranking maior nos resultados de busca de websites como o Google.

Para gerenciar a performance de SEO do seu website, você terá que fazer uma pesquisa sobre como mecanismos de pesquisa funcionam.

Se você implementar bem o seu SEO, certamente conseguirá ganhar mais exposição ao aumentar gradualmente o ranking de seu site.

Propagandas Pagas (PPC)

Existe outra maneira de fazer com que seu website apareça no topo das páginas de resultados de pesquisa, que se chama marketing de mecanismo de busca (SEM, ou search engine marketing). Ele pode ser usado como uma de suas estratégias de marketing digital.

Basicamente, você compra um espaço de propaganda no site de busca e então precisa ligar uma palavra chave à sua campanha. O sucesso de sua proposta depende da relevância de sua palavra-chave para as propagandas e do valor dessa oferta. Para gerenciar isso tudo, é possível usar o Google Ads.

Diferentemente do SEO, esse método vai custar algum dinheiro. Pois, como o próprio nome implica (PPC, ou pague por clique), as propagandas precisam ser pagas na mesma medida em que as pessoas clicam nelas. Quanto mais cliques seu anúncio recebe, mais ele irá custar para você.

Porém, em troca, a sua loja online de dropshipping pode ganhar muita exposição de ter um lugar assegurado para propaganda.

Outra opção de PPC pode ser encontrada nas redes sociais. Você pode pagar por propagandas no Facebook ou no Instagram, definir como alvos uma determinada faixa demográfica e fazer com que esses anúncios levem as pessoas ao seu negócio.

Marketing por Email

Você pode evitar perder consumidores ao manter-se em contato com seus clientes através de uma estratégia de marketing por email. A esse ponto, você provavelmente já está se perguntando como esse método pode de fato funcionar.

O primeiro passo nessa estratégia é criar uma lista de email. Você pode fazer isso ao oferecer produtos de graça, descontos e outros negócios atraentes.

A partir daí, crie a sua campanha de marketing por email. Envie newsletters, ofertas especiais, disparos de emails e assim em diante. Essa estratégia irá ajudá-lo a manter um relacionamento próximo com seus consumidores.

Vantagens e Desvantagens do Dropshipping

O modelo de dropshipping tem diversos pontos positivos, mas nem tudo é um mar de rosas. Confira abaixo as vantagens e as desvantagens de trabalhar com uma empresa de dropshipping.

Vantagens do Dropshipping

Nesta lista, nós vamos mostrar alguns dos fatores que fazem com o que o negócio de dropshipping seja tão atraente:

  • É fácil de começar – é diferente de outros negócios, que obrigam você a seguir alguns procedimentos complexos e ter alguns recursos em particular. Criar um negócio de vendas online requer apenas que você tenha um laptop e uma conexão estável com a internet.
  • Baixo risco – o único custo que você tem que considerar é aquele do produto que irá oferecer ao consumidor.
  • Baixa quantia de custos indiretos –  você não tem que pensar em custos de inventário nem contratar empregados para tomar conta do negócio. Seu custo indireto será muito menor do que você pensa.
  • Venda vários produtos – como um vendedor de estoque na fonte, você pode escolher vender produtos de mais de um fornecedor. Isso significa que dá para ser criativo em relação aos tipos de produtos que você quer oferecer aos consumidores. Priorize os produtos mais vendidos na internet.
  • Conveniência – como você conduz seus negócios através de um laptop, pode trabalhar de qualquer lugar que desejar.

Desvantagens do Dropshipping

Apesar desse estilo de negócio parecer incrivelmente promissor, há algumas coisas que você tem que antecipar antes de entrar no mercado de estoque na fonte:

  • Competição feroz – há muitas pessoas que praticam o negócio de drop shipping, então você terá que trabalhar duro para se destacar.
  • Baixas margens de lucro – já que você está enfrentando a competição de vários vendedores, possivelmente acontecerá uma guerra de preços. Isso significa que você deve reduzir seus preços o máximo possível para fazer com que eles sejam mais atrativos. Mas é algo que pode ser evitado se você encontrar um nicho de baixa competitividade para atuar.
  • Problemas de fornecimento – se você escolher um fornecedor ruim, terá entrado no caminho para o fracasso. Afinal, um fornecedor de baixa qualidade pode arruinar sua reputação com erros de envio, problemas no empacotamento e demoras no tempo de resposta. Apesar disso, os problemas estão além de seu controle.
  • Inventário difícil de gerenciar– você tem que frequentemente manter registros do inventário de seu fornecedor para se alinhar com o número de produtos disponíveis no estoque de sua loja.
  • Atendimento ao consumidor – você é quem está diretamente conectado com o consumidor. Então se houver qualquer problemas, será obrigado a ouvir pacientemente as reclamações.

Conclusão

Você deve considerar as vantagens e desvantagens antes de mergulhar na onda dos negócios de dropshipping. Contudo, se você está disposto a se dedicar nesse trabalho, certamente será bem sucedido.

Neste artigo, você aprendeu alguns passos para criar seu próprio negócio de dropshipping. Vamos recapitulá-los rapidamente:

  1. Escolha um Nicho do Mercado
  2. Faça uma Análise de Mercado
  3. Encontre um Fornecedor
  4. Prepare as Finanças
  5. Crie uma Loja Online
  6. Decida os Detalhes
  7. Faça o Marketing de sua Loja

E isso é tudo, pessoal! Boa sorte na criação de seu próprio e bem sucedido negócio de dropshipping!

Dropshipping – Perguntas Frequentes

Nesta seção, vamos responder algumas perguntas comuns sobre como começar no mercado de dropshipping.

É Fácil Começar no Dropshipping?

O dropshipping é uma das ideias de negócio online mais fáceis de se aplicar na hora de criar uma loja de eCommerce. As barreiras de entrada são baixas: você só precisa escolher um nicho, uma plataforma de eCommerce e um fornecedor confiável.

Lembre-se de conduzir uma análise de mercado para garantir que seu negócio de dropshipping será bem-sucedido. Também certifique-se de preparar a parte financeira e checar os requerimentos da legislação na sua região.

O dropshipping vale a pena em 2022?

O dropshipping ainda é um negócio lucrativo em 2022. Cerca de 27% dos vendedores já migraram para o mercado de dropshipping. Apesar da indústria de eCommerce estar bastante saturada, ainda há uma oportunidade para novos negócios de dropshipping conquistarem uma fatia do mercado.

As estatísticas também apontam que o número de usuários de lojas online cresceu de 2,05 bilhões em 2020 para 2,14 bilhões em 2021. Isso significa que há um enorme potencial para você gerar receitas em sua loja.

Quanto Você pode Ganhar com Dropshipping?

O mercado de dropshipping tem tanto potencial de crescimento as lojas dentro do top 10% do eBay obtêm um lucro médio de US$ 7.731/mês. Mesmo que você esteja apenas começando, ainda há potencial para lucrar. Um quarto dos droshippers do eBay atingem cerca de US$ 1 mil em lucro todo mês, com uma média de 960 pedidos processados por vendedor.

O vendedor de dropshipping médio obtêm US$ 2,67 de lucro por cada pedido, fazendo com que o salário médio de um dropshipper chegue a US$ 2,5 mil por mês. Contudo, algumas lojas de dropshipping têm prejuízo. Por exemplo, as lojas que estão entre as 10% com menor lucro do eBay perdem uma média de US$ 2,53 a cada venda.

Portanto, é crucial notar que o dropshipping só pode ser lucrativo se você dedicar dinheiro para fazer sua empresa crescer. Isso inclui atualizar os itens que você vende de maneira regular, se manter atualizado com as tendências, escolher os fornecedores certos e oferecer um bom suporte aos clientes.

É Possível Fazer Dropshipping Sem Dinheiro?

A resposta curta é sim.

O modelo de negócio de dropshipping permite que você comece a vender produtos sem estoque. Você só precisa comprar os itens do fornecedor depois que receber um pedido.

Para começar um dropshipping sem dinheiro, tudo o que você precisa é escolher uma plataforma que não cobra nada até que você faça sua primeira venda. Neste caso, recomendamos optar por um marketplace online sem taxa de listagem, como é o caso da Amazon.

Author
O autor

Carlos E.

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.